Desconto de Ano Novo
10% de Desconto na 1ª Mensalidade
00
Dias
00
Horas
00
Minutos
00
Segundos
Você Ficará com o Mesmo Professor Durante Todo seu Curso.

Conheça as 8 melhores músicas para aprender inglês!

POR
DANIEL CASDEN

Você já reparou como o inglês está em todos os lugares? Desde as músicas em inglês que tocam nas rádios até os hits que viralizam nas redes sociais, parece que grande parte do que ouvimos e lemos na internet está nesse idioma. E é verdade: quase metade da internet está disponível na língua inglesa.

Essa onipresença do inglês na cultura pop nos oferece uma oportunidade única de aprendizado, misturando diversão e educação de uma forma que poucos outros métodos conseguem. E falando em música, quem aí não está sempre com o Spotify ligado? Seja estudando e trabalhando ao som de lo-fi ou fazendo exercícios com músicas de alta intensidade, a música é aquela companheira constante que dá um toque especial ao nosso dia a dia.

Sendo assim, por que não aproveitar esse hábito para aprimorar nossas habilidades linguísticas? Neste artigo, vamos apresentar a nossa seleção de músicas para aprender inglês e te contar o que torna uma música excelente para esse fim.

Pule Para

Quais as melhores músicas para aprender inglês?

E a nossa incrível lista de músicas para aprender inglês começa com o berço de um dos artistas mais famosos da história:

Jackson 5 – ABC

Os Jackson 5 marcaram época com seu som gostoso e letras fáceis de cantar e entender. Uma de suas músicas mais famosas é “ABC,” um clássico dos anos 1970 que fala sobre o amor de forma simples e divertida, comparando-o com algo tão fundamental quanto aprender o alfabeto.

Uma ótima pedida dentre todas as músicas para aprender inglês, esse clássico usa frases curtas e diretas, principalmente no presente simples. Há muita repetição na letra, o que ajuda na memorização. A música também usa imperativos simples e construções bem fáceis de entender.

A, B, C
Easy as
One, two, three
As simple as
Do-re-mi, A-B-C, one, two, three
Baby, you and me, girl!

Coldplay – The Scientist

A segunda música em inglês dessa lista é extremamente popular. Os acordes de piano no começo são icônicos, sendo reconhecidos praticamente no mundo inteiro. 

Sua letra introspectiva e melodia suave conversam entre si para falar sobre a tentativa de consertar um relacionamento, voltando ao início para entender onde as coisas começaram a dar errado. O clipe dessa música também remete a isso – afinal, está tudo ao contrário!

Gramaticalmente, “The Scientist” é um tesouro para aprendizes, usando frases construídas de forma simples e direta e cantada com dicção lenta, sendo uma excelente pedida para praticar a pronúncia via shadowing.

Nobody said it was easy
It's such a shame for us to part
Nobody said it was easy
No one ever said it would be this hard
Oh, take me back to the start

The Police - Every Breath You Take

Essa música da banda The Police, responsável por outros sucessos como “Message in a Bottle” e “Roxanne,” é um clássico que muita gente interpreta errado como romântica, mas na verdade fala sobre obsessão.

Para quem está aprendendo inglês, é um prato cheio. A música usa frases curtas e simples, com a maioria no presente simples, mas com a presença ocasional do futuro contínuo. Note como a construção “Every [substantivo] you [verbo]” é uma constante ao longo da canção inteira.

Every move you make
And every vow you break
Every smile you fake
Every claim you stake
I'll be watching you
Every move you make
Every step you take
I'll be watching you

Lewis Capaldi – Someone You Loved

Uma das músicas de amor mais famosas dos últimos tempos, recebendo inúmeros covers no YouTube e em competições musicais (como The Masked Singer e The Voice), “Someone You Loved” é outra opção incrível de música para aprender inglês.

Cantada por Lewis Capaldi, a letra dessa música fala sobre a dor de um término e das dificuldades de seguir adiante. É daquelas músicas que te fazem querer ligar para o ex, sabe? 

Ainda assim, é uma excelente pedida para os iniciantes no inglês – recheada de frases curtas, contrações comuns no cotidiano, como kind of (“meio que” ou “um pouco”) virando kinda, e expressões idiomáticas, como em And then you pulled the rug (to pull the rug significa “deixar alguém na mão” ou “decepcionar alguém”).

And I tend to close my eyes when it hurts sometimes
I fall into your arms
I'll be safe in your sound 'til I come back around
For now the day bleeds
Into nightfall
And you're not here
To get me through it all
I let my guard down
And then you pulled the rug
I was getting kinda used to being someone you loved

Músicas para aprender inglês
Uma das melhores músicas para aprender inglês!

Coldplay – Viva la Vida

Outra música da banda Coldplay, “Viva la Vida” é uma de suas músicas mais icônicas. Marcada por sua melodia quase orquestral, a letra fala sobre um rei que perdeu seu reino, uma metáfora para grandes mudanças na vida.

Do ponto de vista gramatical, a música começa usando muito a construção used to (“costumava”) e verbos modais como o would para representar hábitos passados. O refrão também contém a pronúncia correta de uma das palavras com a pronúncia menos intuitiva: choir (“coral,” que se fala quire).

I hear Jerusalem bells a-ringin'
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror, my sword and shield
My missionaries in a foreign field
For some reason, I can't explain
I know Saint Peter won't call my name
Never an honest word
But that was when I ruled the world

John Legend – All of Me

John Legend derreteu corações em todo o mundo com “All of Me,” uma declaração de amor em seu formato mais puro e simples. A letra fala sobre aceitar e amar alguém mesmo com todas as suas imperfeições. É daquelas músicas perfeitas para dançar agarradadinho ao seu ritmo, sabe?

Para aqueles buscando aprender inglês com músicas, é outra pedida excelente. Ela usa vários phrasal verbs, como draw [someone] in (“envolver” ou “atrair”), kick [someone] out (“expulsar”) e pin [someone] down (“capturar” ou “prender”), contando também com um linguajar um pouco mais metafórico.

What would I do without your smart mouth?
Drawing me in, and you kicking me out
You've got my head spinning, no kidding, I can't pin you down
What's going on in that beautiful mind?
I'm on your magical mystery ride
And I'm so dizzy, don't know what hit me, but I'll be alright

My head's under water
But I'm breathing fine
You're crazy and I'm out of my mind

'Cause all of me
Loves all of you
Love your curves and all your edges
All your perfect imperfections
Give your all to me
I'll give my all to you
You're my end and my beginning
Even when I lose, I'm winning
'Cause I give you all of me
And you give me all of you, oh-oh

Nelly – Just a Dream

Essa música fala sobre a dor de perder alguém que você ama, com a percepção de que tudo talvez não passasse de um sonho. O clipe filmado em preto e branco reforça a ideia de ouvir a música olhando pela janela em um dia chuvoso.

Do ponto de vista do aprendizado do inglês, a música apresenta várias contrações, como about (“sobre”) virando ‘bout, we’re going to be (“seremos”) virando we gon’ be e o uso de ain’t em vez to verbo to be aren’t, usual no uso informal do inglês.

If you ever loved somebody put your hands up
If you ever loved somebody put your hands up
And now they're gone and you're wishing you could give them everything
Said if you ever loved somebody put your hands up
If you ever loved somebody put your hands up
Now they're gone and you're wishing you could give them everything

I was thinking 'bout her, thinking 'bout me
Thinking 'bout us, what we gon' be
Open my eyes, yeah, it was only just a dream
So I traveled back, down that road
Will she come back? No one knows
I realize, yeah, it was only just a dream
I was thinking 'bout her, thinking 'bout me

Ed Sheeran – Shape of You

Um dos hits mais animados dessa lista, “Shape of You” fala sobre atração física e o início de um relacionamento de forma leve e divertida. É impossível ficar parado ouvindo essa música!

Para os estudantes de inglês, “Shape of You” é um prato cheio de expressões coloquiais e gírias modernas, como follow my lead (“siga meu comando”) e do a shot (“tomar um shot de [alguma bebida alcoólica]”).

I'm in love with the shape of you
We push and pull like a magnet do
Although my heart is falling too
I'm in love with your body
And last night you were in my room
And now my bedsheets smell like you
Every day discovering something brand new
I'm in love with your body
(Oh-I-oh-I-oh-I-oh-I)
I'm in love with your body
(Oh-I-oh-I-oh-I-oh-I)
I'm in love with your body
(Oh-I-oh-I-oh-I-oh-I)
I'm in love with your body
Every day discovering something brand new
I'm in love with the shape of you

O que torna uma música boa para aprender inglês?

Olha, quando se trata de usar músicas para aprender inglês, a mágica está na diversão. Não existe nada melhor do que cantar e mexer o corpo no ritmo da sua música favorita e, de quebra, aprender algo novo!

O segredo é escolher músicas que te fazem querer ouvir de novo e de novo e de novo – por mais que odiemos admitir, a repetição é a chave do aprendizado. 

Se a nossa seleção de músicas não for muito do seu agrado ou você está à procura de outros artistas, bem… você sabe o que torna uma música boa para aprender inglês?

Em primeiro lugar, a clareza na dicção é fundamental. Você quer entender o que estão cantando, certo? Artistas com pronúncia nítida, como Ed Sheeran, Beyoncé e Shawn Mendes são excelentes para isso.

Outro ponto a se observar é a velocidade da música – músicas mais lentas (como “The Lazy Song” de Bruno Mars, “Skyfall” de Adele, “Wonderwall” de Oasis e “New York City” de The Statler Brothers) são mais fáceis de acompanhar a pronúncia e replicar via shadowing.

Mas não é só isso: o conteúdo da letra também conta muito. Músicas que contam histórias ou falam de experiências cotidianas são ótimas por usarem vocabulário e expressões facilmente aplicáveis no dia a dia. E aquelas com refrões repetitivos? Ótimas para fixar estruturas gramaticais na sua cabeça.

E como aproveitar ao máximo essas músicas? Bem, não basta só ouvir e cantar junto (embora isso seja de grande ajuda). Tente escrever a letra enquanto a escuta, procure o significado das palavras que você desconhece e preste atenção nas expressões idiomáticas e phrasal verbs. Você pode até tentar explicar o significado dela em inglês mesmo – é um exercício e tanto!

No fim das contas, vale frisar uma última vez que o mais importante é se divertir. Aprender um idioma não precisa ser chato ou tedioso, e com as músicas certas você nem vai sentir que está estudando!

Logo, coloque suas músicas favoritas para tocar e deixe o aprendizado rolar solto!

Músicas para aprender inglês
Agora é com você! Faça a sua própria lista de músicas para aprender inglês com o passar do tempo!

Obrigado por ler esta postagem

Se você gostou de conhecer essas músicas para aprender inglês, continue acompanhando nosso blog para conferir outros temas como este. Aproveite ainda para compartilhar este post com seus amigos e entes queridos nas redes sociais – como Facebook, LinkedIn e Instagram – para que eles também possam ver o aprendizado do inglês de uma forma diferente!

Procurando um curso de inglês?

Na Nativ Inglês, oferecemos uma grande variedade de cursos online com professores nativos. Você terá aulas cara a cara via chamada de vídeo num curso personalizado, exclusivo às suas necessidades e adequado ao seu nível de conhecimento.

Oferecemos cursos para iniciantes e cursos de inglês fluente para intermediários e avançados, além de cursos de inglês para empresas, inglês jurídico e inglês preparatório para os exames de proficiência em inglês.

Fale conosco e projetaremos um curso particular para atender às suas necessidades!

Compartilhe esse conteúdo
Categories
Postagens Relacionadas

Descubra como Podemos Ajudar

Single Blog Form

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Author Details

Daniel Casden

Daniel Casden é o coordenador da Nativ Inglês e fundador da abordagem “Nativ Inglês” para ensino da língua inglesa. Americano, mudou-se para o Brasil para morar com sua esposa brasileira; porém, após lecionar em cursos de inglês com currículos rígidos e obsoletos, optou por fundar sua própria escola. Atualmente, soma dez anos de experiência em ensinar inglês de forma intuitiva, prática e centrada no aluno.

Tendo vivido em diversos países e diferentes experiências profissionais,...

Saiba Mais
Saiba Mais Sobre Nossos Cursos
Envie-Nos Uma Mensagem E Fique Em Contato
Contate-nosContate-nos

Fale Conosco pelo Whatsapp

Preencha e Seja Redirecionado para o Nosso WhatsApp Agora Mesmo!
Whats App Form
PreçosQuem Somos FAQContate-Nos
magnifiercrossmenuchevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram