Por Que Aprender Inglês?

POR
DANIEL CASDEN

Em todos os países em que visitei ou morei – e já estive em muitos - o denominador em comum sempre foi o inglês.

Já não é novidade que falar uma segunda língua não é mais uma distinção de currículo, mas um pré-requisito básico para conseguir um emprego, estudar ou viajar pelo mundo. O inglês é a língua da ciência, turismo, diplomacia, culturas, tecnologias e diversão. 

Por que aprender inglês nos dias de hoje? No que isso vai mudar minha vida?

Nesse mundo hiperconectado em que vivemos, onde a internet e as redes sociais são parte integrante da vida de todos, o dialogo, estudos e trabalhos entre pessoas de diferentes países tornaram-se comuns e essenciais.

O inglês transformou-se em um eficiente facilitador. É a língua franca usada sistematicamente para a comunicação entre pessoas de diferentes países que não têm o inglês como língua oficial. 

Portanto, se você quer alavancar a sua carreira e desbravar melhores caminhos profissionais, continue lendo este artigo. Vou explicar porque estudar inglês é a melhor opção para abrir novas oportunidades e atingir objetivos. Além disso, quero ensinar-lhe alguns truques simples para dominar as dificuldades comuns aos brasileiros no aprendizado desse idioma.

Ficou interessado no assunto? Então confira nosso post.

Leia também: 16 motivos porque estudar inglês é importante

infográfico sobre inglês como uma segunda língua mostra por que aprender inglês

A importância do inglês no mundo atual

Atualmente, o inglês é a língua falada nos EUA, Reino Unido, Canadá, Irlanda, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul e vários países do Caribe. E é a lingua dominante nos negócios, cultura e entretenimento, mesmo em países onde o ingles não é a língua oficial. 

Seu domínio representa uma oportunidade de crescimento e desenvolvimento pessoal, profissional e cultural. 

A fluência em inglês garante melhores condições para acompanhar as rápidas mudanças que estão ocorrendo em nosso cotidiano, agora exacerbadas pela pandemia de Covid-19. O inglês está completamente integrado à nossa cultura e seu domínio é o diferencial de mercado. 

Por que aprender inglês: 4 importantes mudanças que o inglês promoverá em sua vida

Aqui estão 4 ótimos motivos de porque aprender inglês é importante.

Falar inglês vai mudar sua vida profissional

À medida que os negócios se tornam cada vez mais digitalizados e as barreiras geográficas são superadas, o inglês se torna ainda mais importante. A busca por profissionais bilíngues com fluência na língua inglesa é muito grande. 

Esses profissionais ajudam a negociar com clientes e parceiros estrangeiros, ajudando as empresas a alcançar cada vez mais sucesso nos mercados internacionais. Conseguir uma oportunidade não é sorte, é preparo. Aprender e aprimorar sua fluência no inglês business é preparação para quando as oportunidades surgirem. 

Ser fluente em inglês vai impactar sua renda

O impacto na sua renda é um ótimo motivo para aprender inglês.

Pessoas em cargos gerenciais fluentes em inglês ganham 60% a mais do que outros profissionais que não falam o idioma. Além disso, ser fluente em inglês contribui para a aquisição de competência cultural, mudando percepções, estilo de vida e network, o que aumenta incrivelmente as possibilidades de melhores posições profissionais.  

O inglês facilita visitar países no exterior com autonomia

Nem é preciso enfatizar porque falar inglês é tão necessário para viajar sem estresse, independentemente de qual for o país de destino. O inglês na ponta da língua é um trunfo nas viagens pois facilita a comunicação e vai tornar o passeio muito mais interessante. 

A influencia do inglês na diversão, cultura e vídeo games

Os games são um bom motivo para aprender inglês, já que a maioria deles não é traduzida para o português, o que torna saber inglês uma necessidade.  Além disso, o jogador terá que ser rápido nas decisões, o que o obrigará a pensar em inglês. Similar ao processo de aprendizagem que acontece com o vídeogame, outras atividades de diversão e cultura também são incrementadas pela fluência no inglês.

O inglês abre um mundo de diversão e entretenimento para aqueles que podem compreendê-lo. Nosso cérebro aceita melhor aquilo que traz alegria e descontração. Você, com certeza, terá melhores condições de apreciar música, livros e cinema ouvindo e compreendendo o original. Adeus às traduções!

mulher com um dicionário em inglês estudando
Fonte: Pixabay

Por que aprender inglês no Brasil é importante

Ser fluente em inglês no Brasil ainda é uma habilidade de poucos. Como acontece em outros países, a procura por profissionais e acadêmicos bilíngues é intensa. A habilidade de manter, compreender e desenvolver conversas em inglês é indispensável no mercado de trabalho. 

O Brasil, na busca de maior competitividade e inovação, também está à procura de profissionais diferenciados, tanto no âmbito acadêmico, social e profissional oferecendo oportunidades de ascensão e crescimento pessoal e social. 

Por que não consigo aprender inglês? 

O ensino do inglês, como é feito pelas escolas públicas e por escolas de inglês tradicionais ainda é um desafio a ser superado. É comprovado que muitos passaram anos estudando, porém não conseguem falar, pois, nas escolas só focaram na gramática.

Infelizmente, eu vejo essa triste situação todos os dias. Alunos chegam à minha escola desanimados porque falar inglês se tornou desafiador demais pra eles. Estudam há tantos anos e ainda não têm domínio do idioma. Na maioria das vezes, eles sabem a gramática, mas não conseguem falar. Isso é muito ruim porque destrói a confiança do aluno que vai pensar, “Eu falhei”. 

Fatores que motivam e desmotivam na aprendizagem do inglês

Infelizmente, no Brasil, aprender o idioma nas escolas não produz alunos fluentes. Assim, muitas crianças e adolescentes crescem com a mentalidade de que o inglês é uma matéria “chata”.

E a maioria das escolas de inglês não oferece bom custo-benefício, pois, seus métodos são defasados e não proporcionam exposição real à língua inglesa como ela é falada por nativos. Ao contrário, se concentram na repetição de regras gramaticais em situações que os alunos não encontrarão na prática. Não preparam os alunos para conversar com nativos. 

Vamos ver dois exemplos que acontecem nessa lamentável jornada: 

1. Os alunos sentem-se perdidos ou inseguros em relação ao que estão ouvindo.

mãos próximas ao ouvido para ouvir com atenção

Muitas pessoas que estudam inglês no Brasil, se quebram quando viajam para os Estados Unidos e não entendem nada por causa dos benditos sons reduzidos, que são tão comuns no inglês falado.

No inglês americano, especialmente, as reduções são palavras que não são palavras reais, mas que são extensamente usadas na TV, literatura, videogames, música e nas conversas rotineiras entre falantes nativos do inglês. Exemplos de reduções são  “gonna”, “gimme”, whassup”, “coulda”, “wanna”, e muitos outros exemplos que poderíamos listar. 

Outros exemplos de sons reduzidos, menos radicais, no entanto, mas também frequentes são os sons “perdidos” nas palavras, que também são extremamente comuns.

Um exemplo: quando o falante nativo diz “I went to work”, você ouve apenas um “T” na expressão  “went to” ao invés de dois como aprendeu na classe. A letra “t” geralmente fica muda quando aparece antes de uma consoante. A pronúncia correta é semelhante a “I wen’ to work”.

Essas reduções acontecem em todos os sotaques do inglês (americano, britânico, australiano etc.). É o modo como os falantes nativos conversam diariamente entre si. Você precisa conhecer as reduções para compreender as conversas entre falantes nativos de inglês. E precisa usar as reduções para soar mais natural. Mas não entre em pânico, isso não precisar ser um motivo para aprender inglês se tornar difícil. Mais abaixo vou lhe mostrar a solução.

Aprender uma nova língua estrangeira pode ser assustador no início

Entendo o seu problema e é por isso que criei um método para ensinar pronúncia para ajudar a superar estes erros comuns aos alunos brasileiros. 

Os sons reduzidos não são uma exceção característica do inglês. Os brasileiros, também ‘engolem” alguns sons quando falam. Você provavelmente não usa o português certinho  quando cumprimenta alguém, “Você está bem?”. “ce tá bem? É o cumprimento clássico usado no dia a dia. 

Entender as reduções pode parecer algo ínfimo, mas possui uma grande importância quando falamos sobre alcançar a fluência no inglês. Assim como nós, os falantes nativos também abreviam, encurtam as palavras. 

As reduções geralmente não são ensinadas nas escolas de inglês. Na Nativ Inglês nossos professores nativos são treinados para ensinar técnicas sistemáticas para fazer com que essas reduções se tornem familiares e facilmente reconhecíveis. 

Embarque no desafio de aprender uma nova língua 

A fluência é algo que melhora à medida que você aperfeiçoa sua pronúncia e otimiza sua capacidade auditiva e suas habilidades orais. É muito importante estudar o alfabeto fonético para aprender a distinguir as diferenças e as particularidades entre os diversos sons. 

Se eu tentasse colocar essa questão em uma fórmula, ela seria como: 

Fluência = boas habilidades de escuta + habilidades de fala + aquisição e refinamento de pronúncia e entonação.

2. Os alunos sentem-se inseguros acerca da forma como soam quando falam

mulher com cara de não ter entendido

Muitas pessoas já me contaram sobre o constrangimento que sentem ao serem chamadas para falar em público. Esta é uma dificuldade real para os alunos de inglês. Mesmo as pessoas que pronunciam corretamente julgam que sua pronúncia não é das melhores.  

A autocrítica faz parte da natureza humana. É um fenômeno que experimentei em primeira mão quando aprendi português. Os “gringos” também têm que superar as pegadinhas da língua portuguesa. Imagine como é difícil aprender a reproduzir o ditongo “ão” ou o renomado “nh” que não existem em inglês.  Houve também ocasiões engraçadas na diferença de pronúncia entre “avô” e “avó”, e nem quero falar de “coco” e “cocô”!

Felizmente, tive professores que insistiram que eu encontrasse as coisas boas primeiro e que aprendesse a pensar positivamente sobre a constante evolução de meu aprendizado. 

Mais do que ter um bom motivo para aprender inglês, aprender uma nova língua requer uma atitude de “go-getter”, que pode ser traduzido informalmente como “pessoa determinada”, um “guerreiro”, um “conquistador”. Acrescentar o inglês ao seu repertorio de habilidades requer o alinhamento de alguns elementos fundamentais – motivação, disposição, vontade de aprender, e uma dose diária de dedicação séria. 

Celebre suas vitórias e rotule os aspectos negativos como “áreas para melhorar”, ao invés de “coisas erradas”. Esta nova atitude é significante. Vai lhe incentivar a focar sobre o que realmente importa ao invés de deixar sua autocrítica prevalecer. 

Vantagens de melhorar seu inglês  

quadro com algumas vantagens de aprender inglês com nativos

Não deixe que a insegurança domine e atrapalhe sua prática. Busque confiança para falar como um nativo, e fale! Conversar com nativos lhe dará segurança, além de melhorar seus estudos, e lhe proporcionará um bate-papo leve sobre temas que lhe interessam, enquanto o nativo, educadamente, está sempre lhe instruindo.

Desenvolvendo suas habilidades motoras e auditivas é um ótimo motivo para aprender inglês, você vai conseguir:

  • Desenvolver uma maior facilidade para memorizar vocabulário.
  • Elaborar formas de realizar palpites conscientes sobre a soletração de palavras.
  • Acelerar a velocidade de aprendizado.
  • Diminuir o tempo que gasta estudando. 
  • Aumentar os níveis de concentração.
  • E muito mais.

Existe um ganho natural em se aprender qualquer idioma, porém as pessoas geralmente negligenciam os primeiros passos, que deveriam ser prioritários. Aceite isso e execute quantos passos forem necessários e pelo tempo que você precisar até que os domine por completo. Seu professor será seu coach e líder de torcida.

Qual é a melhor forma de aprender inglês 

Sendo a língua mais falada do planeta, há muitas palavras do inglês que incorporamos sem querer em nosso dia a dia. Isso é uma vantagem, pois, você já começa a aprender sabendo ao menos algumas expressões na língua inglesa.

Esse fenômeno linguístico tem até um nome em nossa gramática: são estrangeirismos (palavras ou expressões tomadas por empréstimo de outra língua).  Dê uma olhada em algumas palavras em inglês que usamos no dia a dia e veja que muitas delas, com certeza, já fazem parte de seu vocabulário: 

Botox
breakout
brother
check in
check-up 
city 
coffee break 
delivery
diesel 
diet
download
drive-thru
e-mail
fast-food
fake
feedback
fitness
flat
freezer
hobby
hacker 
happening
king-size
kit
kitchen
link
manager
mix
park
play station
laser 
like
login
master
milkshake
ketchup
doping
breakdance
jeans
workshop
premium 
reality show
show
showroom
Smartphone
software
spray 
steak house
ticket
time

Qual é a melhor solução?

Está na hora de começarmos a explorar caminhos diferentes e pensar fora da caixa, de forma inovadora, quanto ao ensino-aprendizado da língua inglesa no Brasil. 

Se queremos possuir um inglês fluente e autêntico, precisamos começar a praticar como usá-lo e não apenas focar em estruturas gramaticais, definições de palavras do vocabulário, preposições e coisas afins que não agregam tanto valor prático na vida do estudante. 

Icon

Description automatically generated

Esse artigo é apenas uma breve introdução sobre porque aprender inglês nos dias de hoje. O assunto é vasto e a língua inglesa vai continuar a impactar nossa vida por muitos anos ainda. 

A coisa mais importante para lembrar porque estudar inglês, é que não existem atalhos neste jogo.  Você precisa fazer as coisas da maneira correta, estudando com nativos que têm treinamento e experiência para alcançar a fluência no idioma. 

O que podemos fazer para melhorar seu inglês?

Nossos professores altamente qualificados o ajudarão a otimizar os estudos e aprender inglês de modo prático e divertido. Logo será possível fazer aquele intercâmbio, estagiar ou até mesmo conseguir o emprego dos seus sonhos no exterior.

Nosso objetivo é formar alunos fluentes e confiantes no poder de ouvir, compreender, e falar. Você começa a falar desde o primeiro dia.

Oferecemos uma grande variedade de cursos online com professores nativos. Você terá aulas cara a cara por vídeo call em um curso personalizado, exclusivo às suas necessidades, e adaptado ao seu nível de conhecimento.   

Na Nativ Inglês o aprendizado de inglês online é feito de maneira ativa e diferenciada. Se quiser saber mais sobre como nossa escola está mudando o ensino do inglês no Brasil, faça agora mesmo uma avaliação gratuita com a gente e confira nossos cursos.

Agora que você sabe por que aprender inglês é importante, e como isso pode mudar sua vida, vamos começar. Tire o máximo proveito de nossos cursos online e pratique com nativos. Este é o caminho da fluência no inglês. Comece agora!

Obrigado por ler esta postagem.

E se você gostou desse conteúdo, continue acompanhando nosso blog para conferir outros temas como este, e compartilhe este post com seus amigos e entes queridos nas redes sociais, como Facebook, LinkedIn, Instagram, para que eles também possam aprender porque aprender inglês é essencial nos dias de hoje.  

Qual é o seu motivo para aprender inglês

Que dificuldades você encontra ao falar inglês?

O que você pode fazer para diminuir essas dificuldades? 

Faça uma avaliação gratuita

Compartilhe esse conteúdo
Author Details

Daniel Casden

Daniel Casden é o coordenador da Nativ Inglês e fundador da abordagem “Nativ Inglês” para ensino da língua inglesa. Americano, mudou-se para o Brasil para morar com sua esposa brasileira; porém, após lecionar em cursos de inglês com currículos rígidos e obsoletos, optou por fundar sua própria escola. Atualmente, soma dez anos de experiência em ensinar inglês de forma intuitiva, prática e centrada no aluno.

Tendo vivido em diversos países e diferentes experiências profissionais,...

Saiba Mais
Saiba Mais Sobre Nossos Cursos
Envie-Nos Uma Mensagem E Fique Em Contato
Contate-nos
seta de rotação azul
magnifiercross